Bill Gates recomenda 5 livros sobre liderança, humanidade e natureza

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Segundo o bilionário e filantropo, os livros dessa seleção deram algo para ele pensar, e espera que façam o mesmo com você

Gates divulgou na última segunda-feira, 14, a sua lista de leituras para o verão americano deste ano. O bilionário disse que o tema que conecta os livros da lista é a relação entre a humanidade e a natureza.

“Talvez seja porque as vidas de todos foram afetadas por um vírus. Ou talvez seja porque eu passei muito tempo falando sobre o que precisamos fazer para evitar um desastre climático”, escreveu Gates em seu blog.

Quatro dos cinco livros recomendados são de não ficção, mas Gates disse que todas as suas recomendações abordam “o que acontece quando as pessoas entram em conflito com o mundo ao seu redor”.

“Esses livros me deram algo em que pensar. Espero que eles façam o mesmo por você”, acrescentou o bilionário.

Confira a lista:
A Promised Land, Barack Obama | Uma terra prometida

Segundo Gates, o livro de memórias do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, oferece “muitos insights sobre uma grande liderança”. O bilionário disse também que admira a honestidade com que Obama conta sobre sua experiência na Casa Branca, incluindo o quão isolador é ser a pessoa que no final dá as cartas.

“Gostaria que mais políticos pudessem escrever como Obama. ‘Uma Terra Prometida’ quase parece um romance, porque ele é muito bom em conectar cada evento individual em uma grande narrativa”, escreveu Gates em sua resenha do livro.

Lights Out: Pride, Delusion, and the Fall of General Electric, Thomas Gryta e Ted Mann

O livro “Lights Out” mostra a ascensão e queda da General Electric, uma empresa que Gates descreve como “mítica”. Segundo o fundador da Microsoft, o livro de Thomas Gryta e Ted Mann deu respostas de como uma empresa tão grande e bem sucedida poderia fracassar. O bilionário disse que se você está em alguma função de liderança tem muito o que aprender com esse livro.

Under a White Sky: The Nature of the Future, Elizabeth Kolbert | Sob um Céu Branco

De acordo com Gates, de todos os livros de sua lista, o livro de Elizabeth Kolbert aborda a relação da humanidade com a natureza da maneira mais direta.

O livro cobre muitos exemplos de como a humanidade involuntariamente mudou o meio ambiente. “Como esperado do trabalho de Elizabeth, ela explica o direcionamento dos genes e a geoengenharia de uma forma convincente e lúcida”, disse Gates.

O último livro de Kolbert, “A Sexta Extinção: Uma História Não Natural”, ganhou o Prêmio Pulitzer em 2015.

An Elegant Defense: The Extraordinary New Science of the Immune System: A Tale in Four Lives, Matt Richtel

Gates acha que o livro “An Elegant Defense” é bom para quem procura respostas sobre como e por que a pandemia de coronavírus se espalhou dessa forma – embora o livro tenha sido publicado em março de 2019.

“Você terá uma compreensão muito melhor da incrível complexidade do nosso sistema imunológico – e das delicadas, até mesmo precárias, compensações inerentes ao seu funcionamento”, disse Gates em sua análise sobre o livro.

The Overstory, Richard Powers | Ecos da mente

O único romance na lista de leitura de Gates, “Ecos da mente” é descrito por ele como “um dos romances mais incomuns que leu em anos”.

“Este não é um livro onde tudo é amarrado com um laço. Alguns dos personagens se encontram, e outros têm histórias totalmente separadas. No final, não está claro se você deve ver suas ações como moralmente certo ou apenas meio louco”, disse Gates.

Embora considere que o livro tenha uma visão bastante extrema da necessidade de proteger as florestas, Gates disse que ficou comovido com a paixão de cada personagem por sua causa e terminou o livro ansioso para aprender mais sobre as árvores.